Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fundação Nadir Afonso

NADIR AFONSO - laurafonso@sapo.pt

Fundação Nadir Afonso

NADIR AFONSO - laurafonso@sapo.pt

17
Abr19

Pro Nadir, Fundação Nadir Afonso e Docomomo Internacional enviam carta aberta à Ministra da Cultura

Laura Afonso

https://www.noticiasdevilareal.com/pro-nadir-fundacao-nadir-afonso-e-docomomo-internacional-enviam-carta-aberta-a-ministra-da-cultura/?fbclid=IwAR3NZ7Z1xuKBoHvG70AAM-UbmFIFgvQ-WA8Q9IVjMvRcddq5c0xZUnJfYq4

56275876_2176715465781945_3329778081756872704_n.jp

Pro Nadir, Fundação Nadir Afonso e Docomomo Internacional enviam carta aberta à Ministra da Cultura

Vila Real

Esta segunda ferira, o movimento Pro Nadir, acompanhado da Fundação Nadir Afonso e do Docomomo Internacional, enviou uma carta aberta à Ministra da Cultura, Graça Fonseca. Um documento que conta com 800 assinaturas, incluindo as de Siza Vieira e de Souto Moura.
Nessa carta aberta, o movimento solicitou a Graça Fonseca apoio para proteger um dos poucos edifícios desenhados por Nadir Afonso. “Na carta que enviamos (…) apelamos a que não se fechem os olhos à Panificadora. Esperamos que o Ministério da Cultura possa apoiar a reabertura do processo de classificação, para que o trabalho construído de Nadir não continue a ser delapidado”, pode ler-se na carta em que, para além disso, o Pro Nadir expõe o que pretende para o edifício: “Queremos preservar não só a fachada e coberturas criadas para deixar entrar uma morna luz natural, mas também os valores que defendia o artista que os projetou, valores que acreditamos estarem na base da nossa sociedade.”
No mesmo dia, o Pro Nadir teve acesso ao contrato-promessa que a cadeia de supermercados Lidl celebrou, no ano passado, com o proprietário do edifício. Documento no qual, segundo eles, “o Lidl se compromete a comprar a Panificadora por quase um milhão de euros, uma valorização de mais de 100% relativamente ao preço que o anterior proprietário pagou em 2001, por um edifício ao abandono”, explicou Marta Silva, acrescentando que existe, no documento, uma cláusula em que o proprietário se “comprometia a, dentro de um ano, acabar com o processo de classificação do edifício, já que a intenção do Lidl seria demoli-lo para fazer um parque de estacionamento”. Uma situação que o movimento quer reverter, contando com o apoio do Ministério da Cultura: “Se com negligência chegámos até aqui, que seja agora, que ainda não é tarde de mais, que se faz finca pé para resgatar a nossa história. Contamos consigo”.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Links

Autobiografia_Nadir Afonso

Blogs

Sites Nadir Afonso

Links

blog.com.pt

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D