Quarta-feira, 17 de Abril de 2019

Pro Nadir, Fundação Nadir Afonso e Docomomo Internacional enviam carta aberta à Ministra da Cultura

https://www.noticiasdevilareal.com/pro-nadir-fundacao-nadir-afonso-e-docomomo-internacional-enviam-carta-aberta-a-ministra-da-cultura/?fbclid=IwAR3NZ7Z1xuKBoHvG70AAM-UbmFIFgvQ-WA8Q9IVjMvRcddq5c0xZUnJfYq4

56275876_2176715465781945_3329778081756872704_n.jp

Pro Nadir, Fundação Nadir Afonso e Docomomo Internacional enviam carta aberta à Ministra da Cultura

Vila Real

Esta segunda ferira, o movimento Pro Nadir, acompanhado da Fundação Nadir Afonso e do Docomomo Internacional, enviou uma carta aberta à Ministra da Cultura, Graça Fonseca. Um documento que conta com 800 assinaturas, incluindo as de Siza Vieira e de Souto Moura.
Nessa carta aberta, o movimento solicitou a Graça Fonseca apoio para proteger um dos poucos edifícios desenhados por Nadir Afonso. “Na carta que enviamos (…) apelamos a que não se fechem os olhos à Panificadora. Esperamos que o Ministério da Cultura possa apoiar a reabertura do processo de classificação, para que o trabalho construído de Nadir não continue a ser delapidado”, pode ler-se na carta em que, para além disso, o Pro Nadir expõe o que pretende para o edifício: “Queremos preservar não só a fachada e coberturas criadas para deixar entrar uma morna luz natural, mas também os valores que defendia o artista que os projetou, valores que acreditamos estarem na base da nossa sociedade.”
No mesmo dia, o Pro Nadir teve acesso ao contrato-promessa que a cadeia de supermercados Lidl celebrou, no ano passado, com o proprietário do edifício. Documento no qual, segundo eles, “o Lidl se compromete a comprar a Panificadora por quase um milhão de euros, uma valorização de mais de 100% relativamente ao preço que o anterior proprietário pagou em 2001, por um edifício ao abandono”, explicou Marta Silva, acrescentando que existe, no documento, uma cláusula em que o proprietário se “comprometia a, dentro de um ano, acabar com o processo de classificação do edifício, já que a intenção do Lidl seria demoli-lo para fazer um parque de estacionamento”. Uma situação que o movimento quer reverter, contando com o apoio do Ministério da Cultura: “Se com negligência chegámos até aqui, que seja agora, que ainda não é tarde de mais, que se faz finca pé para resgatar a nossa história. Contamos consigo”.

 

 


publicado por Laura Afonso às 17:29
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. RTP2 - Página 2 - Panific...

. Parque de S.Paulo

. Panificadora de Vila Real...

. Movimento 'Pró Nadir' diz...

. 25 de Abril deu liberdad...

. Panificadora de Vila Real...

. Pro Nadir, Fundação Nadir...

. Projeto de Nadir Afonso e...

. Panificadora de Vila Real...

. Tatuados

. Caneca Sintra

. Nadir Afonso: O espaço il...

. Nadir Afonso: O espaço il...

. Exposição de Nadir Afonso...

. Douro

. Lisboa

. Revista Visuais - dedicad...

. Valência

. Antropomorfismos

. Boas Festas para Todos

. Canecas "Nadir Afonso", f...

. Nadir Afonso nasceu em 4 ...

. Nadir nas Cidades no Cent...

. Pontes do Sena

. Brevemente no Centro de A...

. Associação Universidade S...

. Rebanho

. Chávenas Nadir Afonso. Fa...

. Jarra «Banhistas» de Nadi...

. Terra Queimada

.arquivos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Canecas "Nadir Afonso", f...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds