Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013

Boas Festas


publicado por Laura Afonso às 12:14
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2012

Boas Festas

© Nadir Afonso

tags:

publicado por Laura Afonso às 19:08
link do post | comentar | favorito
|

Natal

Leio o teu nome

Na página da noite:

Menino Deus...

E fico a meditar

No milagre dobrado

De ser Deus e menino.

Em Deus não acredito.

Mas de ti como posso duvidar?

Todos os dias nascem

Meninos pobres em currais de gado.

Crianças que são ânsias alargadas

De horizontes pequenos.

Humanas alvoradas...

A divindade é o menos.

 

Miguel Torga

 

 

Belém

 

© Nadir Afonso

 

 

tags: , ,

publicado por Laura Afonso às 10:37
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010

Em tempo de Natal... A Madona de Rafael

 

 

 


publicado por Laura Afonso às 20:18
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

Chove. É dia de Natal

 

 

Chove. É dia de Natal
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.

 

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

 

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho frio e Natal não.

 

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.

 

                         Fernando Pessoa




publicado por Laura Afonso às 11:01
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Chove. É dia de Natal

  

Chove. É dia de Natal
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.

 

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

 

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho frio e Natal não.

 

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.

 

(Fernando Pessoa)

 

 

Natividade a partir de Josefa d'Óbidos

 

© Nadir Afonso

 


publicado por Laura Afonso às 22:32
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Dezembro de 2008

Natal

Dos Céus à Terra desce a mor Beleza                                         <input ... >


Dos Céus à Terra desce a mor Beleza,

Une-se à nossa carne e fá-la nobre;

É sendo a Humanidade dantes pobre,

Hoje subida fica à mor alteza.

 

Busca o Senhor mais rico a mor pobreza;

Que, como ao mundo o Seu amor descobre,

De palhas vis o corpo tenro cobre,

E por elas o mesmo Céu despreza.

 

Como? Deus em pobreza à terra desce?

O que é mais pobre tanto Lhe contenta,

Que este somente rico Lhe parece.

 

Pobreza este Presépio representa;

Mas tanto por ser pobre já merece,

Que quanto mais o é, mais Lhe contenta.

 

Luís de Camões

 

tags: ,

publicado por Laura Afonso às 15:20
link do post | comentar | favorito
|

Natal

Natal... Na província neva

 

Natal... Na província neva.
Nos lares aconchegados,
Um sentimento conserva
Os sentimentos passados.

 

Coração oposto ao mundo,
Como a família é verdade!
Meu pensamento é profundo,
Stou só e sonho saudade.

 

E como é branca de graça
A paisagem que não sei,
Vista de trás da vidraça
Do lar que nunca terei!

 

Fernando Pessoa

 

 


publicado por Laura Afonso às 15:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Boas Festas

. Boas Festas

. Natal

. Em tempo de Natal... A Ma...

. Chove. É dia de Natal

. Chove. É dia de Natal

. Natal

. Natal

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds